Febre Maculosa. Entenda mais sobre esta doença potencialmente fatal

Foto: web

Campinas é uma região endêmica para Febre Maculosa, doença grave transmitida pelo Amblyomma cajennense, conhecido como carrapato estrela, vetor da bactéria Rickettsia rickettsii.

Estes carrapatos habitam principalmente áreas de pastos, lagos, lagoas e rios, onde encontram seus hospedeiros preferenciais, as capivaras, porém podem parasitar outros mamíferos e aves. Preferem ambientes úmidos e gostam do calor, portanto devemos ficar mais atentos na primavera e verão.

  • O que devemos saber?

O carrapato é o vetor da doença. Assim como os mosquitos Aedes, nem todo carrapato transmite a febre maculosa, somente alguns infectados, portanto não há a necessidade de pânico.

Quais são os sintomas e em quantos dias eles aparecem?

Os principais sintomas da Febre Maculosa são:

  • Febre acima de 39ºC e calafrios, de início súbito.
  • Dor de cabeça intensa.
  • Náuseas e vômitos.
  • Diarreia e dor abdominal.
  • Dor muscular constante.
  • Inchaço e vermelhidão nas palmas das mãos e sola dos pés.
  • Manchas vermelhas nos pulsos e tornozelos, que não coçam, mas que podem aumentar em direção às palmas das mãos, braços ou solas dos pés.

Os sintomas podem aparecer de 2 a 14 dias após a picada.

  • Qual o tratamento?

O tratamento precoce da Febre Maculosa é essencial para evitar formas mais graves da doença e até mesmo a morte da pessoa. Assim que surgirem os primeiros sintomas, é importante procurar uma unidade de saúde para avaliação médica. O tratamento é feito com antibióticos específicos. Em alguns casos, pode ser necessário a internação do paciente.

O sucesso do tratamento está diretamente relacionado à precocidade de sua introdução e à especificidade do antimicrobiano prescrito.

A falta ou demora no tratamento da Febre Maculosa pode afetar os rins, o sistema nervoso central e causar encefalite, confusão mental, delírios, convulsões e coma.

IMPORTANTE:  A partir da suspeita médica de Febre Maculosa, o tratamento com antibióticos deve ser iniciado imediatamente, antes mesmo do resultado dos exames laboratoriais. Quanto mais rápido o tratamento for iniciado, maiores serão as chances de cura e menores as possibilidades de complicações ou morte.

  • Como prevenir a febre maculosa?
  • Use roupas claras, para ajudar a identificar o carrapato, uma vez que ele é escuro.
  • Use calças, botas e blusas com mangas compridas ao caminhar em áreas com grama alta ou trilhas.
  • Use repelentes de insetos: atualmente já existem repelentes contra carrapatos no mercado.
  • Remova os carrapatos com uma pinça: pegue com cuidado o carrapato. Não aperte ou esmague, mas puxe com cuidado e firmeza. Depois da remoção, lave a área da mordida com álcool ou sabão e água.

Quanto mais rápido uma pessoa retirar os carrapatos de seu corpo, menor será o risco de contrair a doença.

COMPARTILHE
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
COMENTÁRIOS

Seu e-mail não será publicado. Os comentários abaixo não representam a opinião do site Planet Vet. As mensagens são de responsabilidade de seus autores. Caso encontre algo errado faça uma denúncia através do formulário de contato.

PUBLICIDADE

+ SUPER CANAIS

Você tem alguma dica ou sugestão para o Planet Vet?

PUBLICIDADE
>