Tigre ‘salva’ protetor dos animais do ‘ataque’ de uma onça pintada

Um vídeo curioso está chamando a atenção dos internautas – apesar de não ser de 2016. O protetor dos animais Eduardo Serio, que é responsável pela fundação The Black Jaguar White Tiger, um santurário destinado a grandes felinos, estava baixado, brincando com uma leoa, quando, ao fundo, uma onça pintada estava se preparando para “atacá-lo” por trás. O que o animal, típico do Brasil, não esperava é que um tigre iria impedí-lo de realizar o “ataque”.

Apesar de parecer que se tratava de uma ação ruim, dá para notar, pelas imagens, que a onça, chamada de Dharma, queria apenas dar um “bote” para brincar com seu protetor – ação típica desta espécie. Por sua vez, o tigre Aztlan pode ter percebido a movimentação “estranha” de seu colega de santuário e decidiu impedir o “ataque”.

A fundação criada por Eduardo Serio é sediada na Cidade do México e cuida de mais de 210 felinos de grande porte. A instituição acredita que o amor e respeito são essenciais para a preservação das espécies que são mantidas por ela. “A fundação tem como base a mudança nas percepções e atitudes das pessoas em relação aos animais. A Black Jaguar White Tiger é fundamentada na crença de que a educação pode iniciar uma revolução. E a revolução se traduz em amor e respeito pelos seres vivos”, diz o santuário mexicano em seu site oficial.

Apesar de transparecer que esse ideal da fundação, traduzido no contato com os humanos, pode levar ao respeito pelos grandes felinos, a The Black Jaguar White Tiger é muito criticada por defensores dos animais, que consideram essa aproximação um problema para a preservação das espécies, já que representaria um risco iminente de acidentes graves.

Confira, abaixo, o vídeo com o suposto ataque da onça pintada sendo repelido pelo tigre:

 

, , , ,