Quadrilha vende cães doentes e à beira da morte no Reino Unido

Uma quadrilha de criadores de cães foi condenada por vender cães doentes e moribundos no Reino Unido. Teresa Wade, 57 anos, Victoria Montgomery, 54, sua filha Roxanne Montgomery, 33, e Tony Hammond, 34, admitiram o crime no tribunal.

Durante o julgamento, um vídeo chocante mostrando uma cadela à beira da morte foi exibido ao júri. A corte ouviu que os animais eram procriados de forma ilegal e sem os cuidados necessários. os animais eram vendidos por até 750 libras.

A investigação foi liderada pela ONG RSPCA (Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals). A representante da instituição Carrol Lamport lembra sobre as primeiras denúncias: “Recebemos muitas reclamações de pessoas que haviam comprado filhotes muito doentes. Descobrimos que essa rede de criadores e traficantes de cães usavam endereços para vender o filhotes, fazendo parecer que os animais vinham de locais seguros e éticos”, afirma.

Daily Mirror

Daily Mirror

“A realidade estava longe de ser essa. Esses cães eram procriados e mantidos em um estacionamento de traillers e condições deploráveis. Infelizmente, esse tipo de crime lucrativo está se tornando comum”, lamenta.

Quando os ativistas chegaram ao local, encontraram 76 cães mestiços de diversas raças como cocker spaniels, cavachons (uma mistura de cavalier king charles spaniel com bichon frise), cockerpoos (Cocker spaniel com poodle), e golden doodles (golden retriever com poodle).

Algumas das cadelas estavam grávidas e mais de 27 filhotes nasceram sobre os cuidados da RSPCA. Quatro cães severamente debilitados não resistiram aos maus-tratos e faleceram.

Daily Mirror

Daily Mirror

Lamport revela que apesar do sofrimento intenso intenso, os animais estão perto de um final feliz. “Conseguimos com sucesso encontrar novos lares para os cães e agora eles vivem em segurança com famílias amorosas, mas antes disso muitos obstáculos foram superados, a maioria dos cães precisou de cuidados intensivos e tiveram problemas como eritema infeccioso, infecções porcampylobacter, e infecções nos olhos, ouvidos e na pele”, disse ao Daily Mirror.

A audiência de sentença da quadrilha está prevista para o dia 08 de dezembro.

Fonte: Anda

, , ,