Ovelha idosa e rejeitada por tutora conforta outros animais em santuário

Há três anos, Sammie, uma ovelha idosa que vivia em uma fazenda, estava prestes a ficar desabrigada. Ela tinha nove anos e sua tutora ia se mudar para o Colorado, nos Estados Unidos, e não queria levar Sammie com o resto do rebanho devido à sua idade.

No último minuto, a fazendeira contatou o Santuário de Animais Poplar Spring em Poolesville, Maryland, para que eles cuidassem da ovelha. Ela alegou que esperou o máximo que pôde para encontrar um novo lar para Sammie porque temia que a ovelha iria morrer antes da mudança.

Porém, depois de três anos, Sammie está viva e brincando com sua melhor amiga Daisy, que também mora no local. “Nossas duas ovelhas idosas, Sammie e Daisy, encontraram conforto uma na outra. Sammie viveu três anos maravilhosos aqui. Embora ela seja artrítica, ama brincar e receber guloseimas”, escreveu o santuário.

Reprodução/PoplarSpring

Reprodução/PoplarSpring

Já Daisy viveu praticamente toda a sua vida no Poplar Spring depois que foi encontrada quando ainda era bebê em uma rua na Filadélfia há 14 anos.

“Desde então, ela vive feliz aqui e, apesar de ter ficado cega devido à catarata há alguns anos, Daisy ainda encontra seu caminho ao redor, no pasto, e procura a companhia de Sammie durante o dia”, acrescentou o Poplar Spring.

Sammie também foi uma “avó” para um carneiro chamado Andy que infelizmente faleceu no início deste ano. Terry Cummings, diretor do santuário, relatou ao The Dodo que Sammie e Andy ficavam juntos todos os dias: “Ela gostava de ficar abraçar com Andy quando ele parou de usar sua cadeira de rodas”.

O santuário declarou que as ovelhas idosas recebem medicamentos para artrite escondidos em um tipo de “sanduíche” de biscoitos, alimentação adequada, feno fresco e forragem picada para facilitar o consumo dos animais por causa da ausência de dentes. As ovelhas idosas são apelidadas carinhosamente de “The Golden Girls” (As meninas de ouro).

 

Fonte: Anda

, , ,