Morador mata jacaré a pedradas em Mato Grosso

Um jacaré foi morto a pedradas por um homem, de 25 anos, no Bairro Jardim dos Estados, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, neste domingo (2). De acordo com a Polícia Militar Ambiental, ele alegou que o animal teria ‘atacado’ as duas filhas dele, uma de quatro anos e outra de oito meses. O jacaré foi arrastado até a casa de uma vizinha dele para o consumo.

Segundo a Polícia Civil o homem e a vizinha foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Várzea Grande, assinaram um termo circunstanciado por crime ambiental e foram liberados em seguida.

A polícia foi até o bairro após receber denúncia anônima, no domingo (2), informando que alguém estava matando um jacaré a pedradas.
Ao chegar ao local, os policiais, do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental viram rastros de sangue na rua indicando o local para o animal teria sido arrastado.

Os policiais foram até a casa indicada pelos rastros de sangue e foram atendidos pela moradora, de 54 anos. De acordo com a polícia, ela confirmou que o jacaré estava dentro da residência e disse ainda que o vizinho tinha matado o animal e levado até ela, para ser consumido.

Aos policiais militares, o homem confessou que tinha matado o animal silvestre e confirmado a versão da vizinha. Mas ressaltou que só matou o jacaré após o animal ter “atacado” as duas filhas pequenas. O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), em Cuiabá.

Fonte: G1

, , ,