Milionário usa fortuna para comprar matadouro e criar abrigo para salvar cães

Para aqueles de nós que têm a sorte de ter um companheiro animal, pode ser devastador perceber o número de doces seres vivos que são privados da experiência de um lar amoroso. Cerca de 70 milhões de gatos e cães abandonados vagueiam pelas ruas dos Estados Unidos e a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que existem pelo menos 200 milhões de cães desabrigados em todo o mundo.

Em áreas onde o problema de animais abandonados tornou-se grave e a assistência governamental para estes cães é inconsistente na melhor das hipóteses, indivíduos e grupos compassivos se esforçam para melhorar a situação desesperadora dos animais.

Reprodução/Shanghaiist.com

Reprodução/Shanghaiist

Essas pessoas, que dedicam seu tempo e energia para cuidar dos cães que as autoridades muitas vezes ignoram, são, sem dúvida, os heróis desconhecidos do mundo da proteção dos animais.

Wang Yan, ex-milionário da província de Jilin da China, é uma delas. Ele desistiu de tudo para ajudar no resgate de cães sem lar em sua comunidade. A paixão de Yan por cachorros abandonados teve um início trágico, pois seu cão querido desapareceu em 2012.

“Fui à sua procura em todos os lugares, mas sem sucesso. Finalmente levaram-me para (um matadouro local) para tentar a minha sorte lá”, relatou. Ele continuou a visitar o matadouro por uma semana, na esperança de encontrar o companheiro, mas não teve sorte.

Reprodução/Shanghaiist

Reprodução/Shanghaiist

No entanto, as cenas terríveis que testemunhou o chocaram tanto que ele decidiu fazer o máximo que pudesse para ajudar os animais indefesos. Yan tornou-se milionário com o comércio de fabricação de aço na cidade de Changchun, mas tomou a decisão altruísta de usar sua fortuna para cuidar do maior número possível de cães abandonados.

Imediatamente, ele comprou o matadouro dos proprietários anteriores para garantir que não ocorressem mais mortes ali e criou um abrigo de animais em uma fábrica de aço desativada.

Agora, ele passa os dias à procura de lares amorosos para os cães que estão sob seus cuidados. Os esforços de Yan têm dado resultado. Hoje, o abrigo cuida de 215 cães, sendo que antes eram quase mil animais. Ele explicou que isso acontece porque muitos foram adotados.

Reprodução/Shanghaiist

Reprodução/Shanghaiist

Sua devoção para ajudar os cães assegurou que centenas deles, que poderiam ter sido enviados para serem assassinados, encontrassem o amor de novas famílias para sempre.Embora Yan tenha ficado endividado devido às suas ações amáveis, ele se recusa a aceitar quaisquer doações financeiras, segundo o One Green Planet.

“Não aceito doações monetárias. Só espero que as pessoas de bom coração sejam capazes de doar alguns suprimentos para ajudar a construir uma casa para estes 200 cães”, explicou.

O amor de Yan pelos cães do abrigo é suficiente para comover qualquer pessoa. Infelizmente, as autoridades locais de várias cidades chinesas não enxergam com bons olhos as populações de cães desabrigados. Neste contexto, é ainda mais animador saber que pessoas como Yan têm lutado em nome dos animais.

Fonte: Anda

, , , ,