Mais de mil animais são resgatados em pior caso de crueldade em fazenda dos EUA

Operações de resgate de animais de Massachusetts, nos Estados Unidos, conduzidas pela organização de proteção animal ASPCA juntamente com o Departamento de Polícia de Westport, revelaram o pior caso de crueldade animal em uma fazenda já visto no país.

Mais de mil animais de várias espécies, incluindo porcos, gatos, cães, cavalos, coelhos, bezerros, ovelhas, vacas e peixes-foram encontrados vivendo em condições deploráveis em uma propriedade de 70 acres, segundo a ASPCA.

Muitos deles exibiam sinais de negligência, e não tinham acesso a alimentos ou água.

A equipe de investigações da ASPCA está auxiliando as autoridades locais e estaduais com a investigação, com o cuidado e o acolhimento dos animais, que em breve serão realocados para um abrigo de emergência da organização.

Além disso, a organização tem coletado provas para o processo criminal. A ASPCA também encontrou inúmeros animais mortos em toda a propriedade.

“Esta é uma situação incomum dado o elevado número de animais abusados e negligenciados assim como os vários recursos necessários para fornecer a eles os cuidados de saúde necessários”, disse Matthew Bershadker, presidente e CEO da ASPCA.

“Ao colaborar estreitamente com as autoridades no resgate, estamos dedicados a acabar com o sofrimento dos animais e proporcionar a eles cuidados e segurança imediata”, acrescentou.

, , , ,