Jumento tem patas e pescoço amarrados em evento político

É hediondo um crime de maus-tratos cometido contra um animal explorado como “modelo” durante carreata política do candidato a prefeito de São Tomé (RN) Naro (PMDB), realizada no último sábado (10). Um jumento foi amarrado pelas quatro patas, pelo pescoço e também pelo focinho em cima de uma carroça.

Depois, vestiram o animal com uma manta verde, cor utilizada na campanha, e lhe colocaram ao lado de um aparelho de som. As primeiras denúncias surgiram já na mesma noite por meio das redes sociais. Moradores da cidade estariam revoltados com a situação e já estariam se organizando para levar o caso ao Ministério Público.

Fonte: Robson Pires (Xerife)

, , ,