Jogo inspirado em ‘Pokémon Go’ reúne animais da Mata Atlântica

“Pokémon Go” foi um fenômeno mundial. O game, apesar de ser despretensioso nesse sentido, inspirou novos métodos de aprendizagem dentro de salas de aula. O projeto mais recente baseado nele é o BioExplorer, aplicativo de realidade aumentada com animais da Mata Atlântica.

O app foi criado pelo professor Antônio Mauro Saraiva, docente na Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo) e coordenador do Núcleo de Pesquisa em Biodiversidade e Computação.

Créditos: Cecília Bastos/USP Imagens

Aplicativo BioExplorer pode ser baixado no Google Play

A primeira versão da ferramenta conta com o lobo-guará, a capivara, o carcará e a onça-pintada, que aparecem em um raio de 35 metros do jogador. Conforme encontrar cada um deles, os animais se apresentam em áudio e texto. Depois dessa fase, um personagem folclórico é desbloqueado.

O BioExplorer tem como objetivo promover a educação ambiental ao abordar assuntos como o desmatamento, a extinção de animais, as mudanças climáticas e a biodiversidade. O aplicativo está disponível para aparelhos Android .

Créditos: Reprodução/BioExplorer

Ferramenta auxilia no ensino da educação ambiental

“Quando eu vi a garotada procurando pokémon, quis criar algo que levasse as pessoas a aprenderem mais sobre a nossa biodiversidade com o mesmo entusiasmo. Mas não só a nossa biodiversidade, o nosso folclore também, que é muito ligado à natureza, aos rios, às matas, à fauna e flora”, diz o professor ao Jornal da USP.

A ideia é que nas próximas versões mais animais e personagens folclóricos sejam adicionados.

Fonte: Catracalivre

, , , ,