Jiboia é encontrada em sala administrativa do Parque Lagoas do Norte

Uma jiboia de cerca de dois metros foi encontrada nesta segunda-feira (3) debaixo de uma mesa na sala da administração do Parque Lagoas do Norte, na Zona Norte de Teresina (PI). A cobra foi achada por um funcionário que chegava para trabalhar e foi resgatada pela bióloga Jaqueline Lustosa, do Instituto Socioambiental de Cágados de Barbichas, Cabar.

A bióloga explicou que a localização do Parque é um dos fatores para o aparecimento de animais silvestres. “O Parque fica próximo ao rio que é um habitat desse tipo de animal e, apesar das intervenções urbanas, o parque ainda mantém algumas características naturais como as lagoas, áreas verdes e ela acaba se deslocando e indo para os ambientes. Quando o funcionário chegou, ele notou que tinha alguma coisa estranha debaixo da mesa e, ao se aproximar, viu que se tratava de uma jiboia”, disse.

Jaqueline explicou ainda que a jiboia resgatada é um animal adulto, fêmea e está saudável. “Ela assusta pelo tamanho e por se tratar de uma serpente, mas ela não é peçonhenta. A jiboia mata as suas presas por constrição, ou seja, se enrola na vítima e aperta matando por sufocamento. É uma cobra pacífica e bastante lenta”, disse.

Após o resgate, a cobra foi levada para ser examinada e será liberada nessa terça-feira (4) no Jardim Botânico de Teresina. O Instituto Cabar trabalha na preservação dos animais silvestres, principalmente dos cágados de barbichas resgata animais, e na conscientização da população.

Fonte: Jornal de Luzilândia

, , ,