Égua resgatada de matadouro vive feliz seus 3 últimos dias de vida

Animais idosos podem permanecer menos tempo conosco, mas suas vidas não são menos preciosas e nem seus corações menos amorosos. Infelizmente, eles têm menos chances de serem acolhidos em novos lares. É ainda menos provável que isso ocorra quando se tratam de cavalos, que são muitas vezes enviados para leilões e frequentemente assassinados em matadouros.

Porém, a égua Smoke, um animal excessivamente magro que tinha sido enviado para um leilão, recebeu a chance de ser feliz que todo animal idoso merece.

Em um dia ensolarado, Tawnee Preisner, co-fundadora do Horse Plus Humane Society, recebeu um telefonema de um leilão de cavalos e soube que a égua idosa e esquelética precisava de ajuda.

Nenhuma palavra poderia tê-la preparado para a condição em que encontrou Smoke cuja vida estava prestes a mudar. A égua estava em seu estábulo com a cabeça baixa e tinha um olhar que emanava medo e miséria. Ela provavelmente estava com pouco mais de 30 anos, mas não havia como saber por quanto tempo foi vítima de maus-tratos.

Reprodução/OneGreenPlanet

Reprodução/HorsePlusHumaneSociety

Preisner diz que “ela tinha um cheiro distinto, eu já senti isso antes, é quase como o cheiro da morte. Já me disseram que isso ocorre quando os órgãos começam a falhar”.

A socorrista levou Preisner para casa e temia que, por causa de sua condição extrema, Smoke não seria capaz de andar. Porém, quando a égua pisou na grama fresca e verde e viu Ace, seu novo companheiro, Preisner soube que ela estava feliz em ter um amigo.

Smoke passou três dias maravilhosos em seu novo lar ao lado de Ace. Foi durante este tempo que Preisner notou que o animal tinha marcas entre as omoplatas e havia sido montado recentemente apesar do grave estado em que se encontrava, informou o One Green Planet.

No dia seguinte, Smoke se deitou sob o sol quente. “Quando animais nessas condições se deitam, é extremamente difícil para eles conseguirem se levantar. Ela parecia muito relaxada, mas cansada”, disse Preisner.

Reprodução/OneGreenPlanet

Reprodução/OneGreenPlanet

Mais tarde, a égua fez várias tentativas para se levantar, mas, apesar de seu espírito renovado, seu corpo negligenciado não cooperou. Preisner sabia que era hora de dizer “adeus” para Smoke e chamou um veterinário.

Smoke experimentou o que deve ter sido uma vida de dor, negligência e humilhação que devastou seu corpo até ser tarde demais. Porém, ela recebeu um dos presentes mais preciosos que qualquer animal idoso pode ganhar: seus últimos dias foram os melhores de sua vida.

Durante três dias, Smoke caminhou na grama fresca com um novo amigo, sentiu os raios quentes do sol em seu corpo desnutrido e provavelmente mantido confinado em um estábulo, exceto para ser montado e, finalmente, pôde experimentar o toque quente e amoroso de um ser humano que a amava. No final de sua vida, Smoke soube o que era a compaixão.

“Sempre me lembrarei de Smoke, seus belos olhos amáveis, seu corpo tão magro e seu espírito bonito”, declarou Preisner.

Fonte: Anda

, , ,