Conheça o santuário que oferece uma segunda chance para gatos cegos

Infelizmente, os gatos cegos não são considerados adotáveis por muitos abrigos comuns e, portanto, frequentemente têm a morte induzida. Porém, o Blind Cat Rescue, um santuário para gatos localizado em St. Paul, na Carolina do Norte, oferece um lar incrível para os belos felinos e lhes dá todo o amor e cuidado que eles poderiam desejar.

Gato Simba

Foto: Blind Cat Rescue

Muitos deles são adotados e provam que conseguem encontrar o lugar perfeito. Além de gatos cegos, o local também aceita aqueles com FELV e FIV, pois esses animais sofrem o mesmo destino.

Como mostra o Blind Cat Rescue, a resiliência dos animais nunca deve ser subestimada. Com um pouco de compaixão e cuidado, parece que não há nada que nossos amigos de quatro patas não possam enfrentar. Com mais de um milhão de seguidores no Facebook, é claro que existem muitas pessoas bondosas que não alimentam os estereótipos sobre gatos cegos. Veja alguns dos felinos que moram no santuário.

Mickey

Foto: Blind Cat Rescue

Mickey foi despejado da Scotland County Humane Society durante a noite. Ele estava muito doente e com uma grave infecção respiratória. Como sabia que suas chances de adoção eram muito pequenas, a Humane Society do Condado de Scotland procurou o Blind Cat Rescue.

O doce e amoroso gatinho imediatamente recebeu antibióticos,  foi limpo e suas infecções nos olhos e ouvidos foram tratadas.

Gata Samantha

Foto: Blind Cat Rescue

Samantha foi encontrada abandonada em Novembro de 2016. Como ela tinha FIV e leucemia (FELV +), ela teria a morte induzida. No entanto, felizmente, o Blind Cat Rescue foi chamado e informa que ela está melhor apesar de ainda estar amedrontada.

Annie

Foto: Blind Cat Rescue

Já Annie é uma gata cega e idosa. Ela foi acolhida pelo santuário depois que seu tutor faleceu. Ela adora sentar no colo das pessoas e nunca recusa alimentos molhados, revela o One Green Planet.

Gato Simba

Foto: Blind Cat Rescue

Simba é FIV + e foi encaminhado ao abrigo de animais local antes de ir para o santuário. Ele é muito amigável e gosta de ficar no colo das pessoas, de acordo com o resgate.

Wifi

Foto: Blind Cat Rescue

Em Julho de 2015, uma boa samaritana resgatou WiFi depois que ele foi atropelado por um carro. Ela o levou imediatamente a um veterinário de emergência, salvando sua vida.

A mulher não conseguiu adotá-lo, mas dirigiu 11 horas para levá-lo ao santuário para que o gatinho tivesse um lar. Ele ficou cego devido aos ferimentos, mas está indo bem.

Gato Yoshi

Foto: Blind Cat Rescue

Já Yoshi era um gato abandonado e quando o idoso que cuidava dele foi internado em um hospício, um dos cuidadores do local dirigiu três horas para levá-lo para o Blind Cat Rescue.

O trabalho do santuário é inspirador. Uma maneira fácil de ajudar os animais é oferecendo um lar temporário enquanto eles aguardam a adoção.  Isso pode ajudar a aumentar suas chances de encontrar novas famílias.

Fonte: Anda

, , ,