Caçadores de rinocerontes são mortos em tiroteio

Os corpos de 3 caçadores de rinocerontes foram retirados do parque  Hluhluwe-iMfolozi no norte de KwaZulu-Natal depois de um tiroteio intenso. A caça por rinocerontes vem aumentando na reserva KZN, com 21 mortos até agora neste mês.

Em apenas dois dias, sete rinocerontes foram mortos – seis deles no dia Mundial dos Rinocerontes. Tragicamente, 115 rinocerontes foram mortos em KZN desde o início de 2016.

Guardas-florestais que combatem a caça encontraram caçadores suspeitos na reserva. Os três homens foram mortos em um tiroteio. Equipe de resgate médico passou três horas para recuperar os corpos.

“As equipes de resgate recuperaram os corpos dos caçadores de um barranco no arbusto da reserva Hluhluwe. Os corpos foram tirados da mata e levados para dentro de um avião”, diz o porta-voz do IPSS, Candace Grobler. De acordo com o porta-voz do KZN Ezemvelo Wildlife Musa Mntambo, 91 caçadores já haviam sido presos em 2016, em comparação com os 49 presos em 2015.

, ,