Um burro que estava preso dentro de um poço, por aproximadamente 4 dias, foi resgatado nessa sexta-feira (29) por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Juína, a 737 km de Cuiabá. De acordo com a 14ª Companhia do Corpo de Bombeiros, o animal pesa cerca de 600 kg e foi retirado do local sem gravidade.

Segundo moradores, o animal foi visto circulando pela região do Bairro Módulo 6, em Juína, quatro dias atrás. Ele teria caído no poço nessa ocasião e desde então ficou preso.

Os militares colocaram cabos e cordas e amarraram o animal, garantindo que ele não se afogasse com a água (Foto: Corpo de Bombeiros de Juína/MT)Os militares colocaram cabos e cordas e amarraram o animal, garantindo que ele não se afogasse com a água (Foto: Corpo de Bombeiros de Juína/MT)

Os militares colocaram cabos e cordas e amarraram o animal, garantindo que ele não se afogasse com a água (Foto: Corpo de Bombeiros de Juína/MT)

Uma moradora ligou para os bombeiros e pediu socorro. De acordo com os militares, o poço tem seis metros de profundidade e não estava com água. As tábuas de madeira que cobriam parcialmente o poço tinham apodrecido e quebraram com o peso do animal. A área fica perto de uma escola, com circulação de muitas crianças.

As tábuas de madeira que cobriam parcialmente o poço tinham apodrecido e quebraram com o peso do animal (Foto: Corpo de Bombeiros de Juína/MT)As tábuas de madeira que cobriam parcialmente o poço tinham apodrecido e quebraram com o peso do animal (Foto: Corpo de Bombeiros de Juína/MT)

As tábuas de madeira que cobriam parcialmente o poço tinham apodrecido e quebraram com o peso do animal (Foto: Corpo de Bombeiros de Juína/MT)

Sete bombeiros foram ao local e encheram o poço com água, para facilitar a saída do burro de dentro do buraco. Os militares colocaram cabos e cordas e amarraram o animal, garantindo que ele não se afogasse com a água. O burro foi resgatado em segurança e está bem.

O proprietário do local, nem o dono do animal, não foram localizados. O poço foi tampado pela prefeitura. Os moradores disseram aos bombeiros que o animal estava andando pela região há quatro dias, data que provavelmente teria caído dentro do poço.

Fonte: G1